TelePsico COVID-19

Autora: Juliana Dal Piva 22/04/2020 - 05:12 / Atualizado em 22/04/2020 - 07:49 Postagem original aqui

Central de atendimentos chamada de TelePsico COVID-19 funcionará de maio a setembro de 2020


Os profissionais que estão na linha de frente de combate ao novo coronavírus terão a partir de maio um serviço de atendimento psicológico que será fornecido pelo Ministério da Saúde. Até setembro, a Secretaria de Atenção Primária à Saúde do Ministério da Saúde (Saps/MS) oferecerá teleconsulta por meio do projeto “TelePsico COVID-19”.


O projeto será realizado em parceria com o Hospital das Clínicas de Porto Alegre e contará com uma central de teleconsulta formada por cerca de 30 profissionais da Psicologia e Psiquiatria selecionados por edital. Ao todo, o Ministério da Saúde investirá R$ 2,3 milhões no projeto. A coordenação do projeto será do médico e doutor em psiquiatria Giovanni Abrahão Salum, professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.


- Esperamos que os profissionais obtenham alívio para o seu sofrimento utilizando o que já se sabe de intervenções que funcionam e que tem base científica. O projeto testará também que tipo de técnica pode ser mais adequada para essas situações de crise - disse o coordenador.


A elaboração do projeto contou com um dos maiores especialistas mundiais na área de psicoterapia, Dr. Pim Cuijpers, que atua na Holanda.

- Lançamos um dos maiores canais de teleconsulta para Covid-19 do mundo com o TeleSUS. Agora, esta nova parceria oferecerá teleconsulta de psicologia e psiquiatria aos que estão na linha de frente, garantindo a saúde da população brasileira durante a epidemia - afirmou Erno Harzheim, secretário de Atenção Primária do ministério.


O serviço foi pensado devido a necessidade de apoio a esses profissionais que, pelo trabalho intenso, com riscos de contaminação elevados e enfrentando condições adversas, podem ter sintomas como ansiedade, depressão, irritabilidade, transtorno de estresse agudo e burnout, entre outros.

Profissionais que precisem de atendimento devem procurar um canal telefônico que será divulgado nos próximos dias. No primeiro contato, a pessoa escolherá um horário para o atendimento com o terapeuta.


Será enviado, então, um link via WhatsApp para o profissional de saúde responder uma escala de avaliação e assinar o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Com o resultado da avaliação, o terapeuta selecionará a melhor abordagem e tratamento para o profissional de saúde naquele momento.

Depois disso, os profissionais serão atendidos por videochamada, utilizando estratégias de intervenção em situação de crise, por meio de psicoeducação, psicoterapia cognitivo-comportamental e psicoterapias interpessoais. Após a avaliação de potencial de risco, se for necessário, os profissionais serão encaminhados para atendimento presencial e intervenção farmacológica.

Ainda segundo Salum, especialistas de universidades brasileiras já estão desenvolvendo manuais para que o modelo de atendimento terapêutico desenhado no projeto possa ser aplicado por outros profissionais do país.

13 visualizações
Telefone:

Geral: (71) 4141-6668

WhatsApp: (71) 98616-2602

Segunda a sexta: 09h às 12h - 13:30h às 17h

Sábado e Domingo: Apoio acadêmico quando houver evento.

Cadastre seu e-mail

E receba periodicamente nossas novidades junto com ofertas de vagas, cursos e treinamentos.

Endereço:

Avenida Octávio Mangabeira, nº 929

Edf. CWK -Térreo (Após a Perini e a Portinox)

Pituba, Salvador, BA 41830-050

© 2020 Portal D&T | Todos os direitos reservados